Algo que muitos consumidores erroneamente acreditam é que, se você comprou um computador já montado, este não precisará de qualquer tipo de substituição de componentes, a não ser que um componente apresente defeito.
Para entendermos porque isto é um engano, faremos uma analogia. Você se lembra de quando comprou seu smartphone novinho e ele funcionava perfeitamente com todos os aplicativos com uma boa performance?!
Pois bem… com o passar do tempo, após várias e várias atualizações de sistema e apps, a performance do smartphone já não é mais a mesma e agora ele esquenta bastante para executar tarefas que antes eram relativamente leves para o processador.
O mesmo acontece com seu computador. Atualizações de sistema (sistema operacional), aplicativos e programas acabam adicionando mais recursos e demandando mais processamento. Jogos também exigem cada vez mais hardware para atender requisitos mínimos e pode ser que seu computador esteja se “contorcendo” para fazer o jogo funcionar. Consequentemente isso irá gerar mais consumo de energia e mais calor.
Acontece que algumas soluções térmicas de fábrica (entende-se como cooler) que acompanham os processadores, não são ideais para todo e qualquer tipo de situação. Devemos nos lembrar que, no país de origem onde foram fabricados, a temperatura e condições climática são diferentes.
Além disto é impossível que fabricante possa prever, qual tipo de sistema será montado e sob quais condições. As variáveis de temperatura são infinitas. Por esta razão, os cooler´s box atendem somente o mínimo necessário para o funcionamento do processador.
Mas nem sempre o mínimo será o suficiente para atender a demanda de resfriamento do seu computador. Neste caso, o computador pode apresentar sinais de que é necessário melhorar o resfriamento do processador. São eles:

1 – Travamentos

Se o seu computador trava constantemente, principalmente quando estes travamentos ocorrem com maior frequência durante a execução de jogos ou programas mais “pesados”, existe a enorme possibilidade de aquecimento excessivo no processador.


2 – Desligamentos involuntários e reinicializações

Para evitar a perda de componentes por superaquecimento, a maioria das Placas-Mãe monitoram a temperatura com sistema de desligamento quando certo limite de temperatura é alcançado.
Então, se seu computador desliga sozinho ou reinicializa de maneira abrupta, é sinal que o processador está aquecendo além dos limites definidos na BIOS (Basic Input Ouput System)


3 – Performance degradada

Quanto maior for a temperatura do processador, menor será a performance máxima que ele poderia oferecer.
Isto ocorre porque os atuais processadores possuem tecnologia de incremento de performance baseado no clock (MHz), que aumentam este valor de acordo com a demanda da aplicação que está sendo executada no momento.
Porém se o incremento de clock elevar a temperatura do processador para valores acima do especificado em seu projeto, o potencial máximo do mesmo poderá ficar limitado.
Processadores desbloqueados para overclock também terão seu potencial máximo limitado, podendo sofrer até mesmo os sinais anteriormente citados.


Considerações

Se seu sistema apresenta um ou mais destes sinais, não necessariamente significa que precisa trocar o cooler do processador.
Em alguns casos, a pasta térmica está apenas ressecada e uma nova aplicação resolveria o problema e ainda te oferece a oportunidade de escolher compostos térmicos mais eficientes como cerâmica, prata e outros.
Se a ventoinha do cooler estiver suja, com bucha estourada ou até mesmo com motor queimado, troca-se unicamente a ventoinha e não o cooler inteiro.
O dissipador pode estar apenas obstruído por poeira. Neste caso uma simples limpeza resolveria o problema.
Mas se seu processador está atingindo limites de temperatura anormais mesmo que as condições acima não se apliquem, pode ser necessário trocar o cooler por um mais eficiente ou até mesmo um gabinete com maior fluxo de ar.
Tudo depende de uma avaliação dos diversos fatores como temperatura ambiente, tipo de gabinete, quantidade de ventoinhas, tipo de processador, etc…
Agora você já sabe… precisa de ajuda com a refrigeração do seu processador? Conte com a WAZ.

Comentários

Comentários