Escolher o cooler adequado para seu processador pode parecer simples, mas existem alguns detalhes a serem observados. O primeiro deles é que nem sempre o “cooler box”, isto é, o cooler da fabricante que acompanha o processador na embalagem, é suficiente para extrair a máxima performance do seu sistema.
É preciso saber que, os processadores atuais, possuem uma tecnologia que permite o aumento dinâmico da velocidade de clock da CPU, quando o sistema operacional demanda mais processamento.
Esta tecnologia também faz o oposto, reduzindo o consumo de energia e de calor quando o computador não precisa da carga máxima de processamento. Para processadores Intel a tecnologia se chama “Turbo Boost”, enquanto nos processadores AMD recebe o nome de “Precision Boost”.
Até então, tudo ok! Entretanto, existe uma outra tecnologia no processador que atua juntamente com as citadas anteriormente, chamada de ”Thermal Throttling” ou controle térmico.

 

Esse recurso permite que a fabricante do processador defina um limite de temperatura para o mesmo, fazendo com que o processador, caso alcance esta temperatura, reduza automaticamente sua carga, baixando em torno de 70% a frequência (clock) do processador por alguns segundos, até que a temperatura se estabilize ao seu limite operacional. Se a temperatura não baixar e continuar subindo, o processador enviará uma mensagem à Placa-Mãe para que desligue o computador, impedindo a queima do chip.
E é aqui que está o “X” da questão quando o assunto é o impacto que o cooler escolhido pode causar em seu computador.

 

Cada processador possui especificada, a potência máxima dissipada (calor) em Watts. O cooler escolhido deve ser capaz de dissipar este valor e possuir uma margem de segurança a fim de evitar o acionamento automático da tecnologia ”Thermal Throttling”.
Veja a seguinte situação: Você está jogando um game com uma performance relativamente boa e depois de alguns minutos a performance cai um pouco ou no pior dos casos, seu computador desliga. Este é um exemplo do ”Thermal Throttling” entrando em ação e significa que o cooler é insuficiente para que o processador atinja o valor de “boost” em sua performance máxima.

 

Se isto ocorre com muita frequência e em pouco espaço de tempo quando a CPU está em pleno processamento, é sinal que seu computador está com problemas de resfriamento e é  recomendável trocar o cooler por um mais eficiente, a fim de aproveitar melhor a capacidade do seu computador e executar as tarefas mais rapidamente, pois quando o processador usa o “Thermal Throttling”, significa que sua temperatura chegou a certo limite de segurança e baixou sua velocidade para usar menos energia e em consequência resfriá-lo.
Comprou peças avulsas para montar seu sistema e gostaria de saber se o cooler do processador do seu computador é realmente o mais adequado? Nossos vendedores poderão auxiliá-lo com dicas e sugestões de upgrade. Basta acessar www.waz.com.br ou entrar em contato através do nosso telefone (31) 2126-6666 ou WhatsApp (31) 99576-1827. Aqui é o lugar certo para quem é fanático por tecnologia.

Comentários

Comentários