Finalmente tivemos a divulgação das especificações do padrão USB 4 oferecendo maiores taxas de transferências de dados e maior potência para alimentar os dispositivos. Em termos de taxas de transferências de dados, a geração USB anterior, USB 3.2, subiu de 20Gbps para incríveis 40Gbps.

Mas para se aproveitar das novas velocidades, é necessário possuir os cabos certificados pela USB-IF, compatíveis com USB 4. O novo padrão é totalmente retrocompatível com os padrões USB 2.0 e posteriores, além de ter compatibilidade com as conexões Intel Thunderbolt 3.

Como sabemos, desde a chegada da especificação USB 3 é possível transmitir dados e vídeo usando o mesmo cabo. Apesar disso, a implementação tem sido bastante falha desde então. O USB 4 promete mudar este cenário ao utilizar um roteamento de dados mais inteligente e eficiente. Em especial, espera-se velocidades de transferência maiores e que se mantêm por mais tempo na hora de usar um monitor externo de alta resolução.

Mais uma vez, a nova geração de conectores USB vem com suporte para o padrão USB Power Delivery, que permite carregar dispositivos móveis com potência de até 100W.

Apesar do entusiasmo com o novo padrão, não devem chegar ao mercado dispositivos que o suportem tão cedo, uma vez que nem mesmo dispositivos USB v3.2 são facilmente encontrados.

A expectativa é de que os primeiros hardwares com suporte para o USB 4 cheguem no mínimo, no segundo trimestre de 2020. Ainda assim, será necessário ter periféricos compatíveis com o padrão para se aproveitar das maiores velocidades.

Comentários

Comentários