Os anúncios da AMD continuam com a chegada de uma nova série de placas gráficas, a Radeon RX 5000, cuja principal surpresa é a inclusão da base de arquitetura Navi RDNA, estabelecendo as primeiras GPUs Navi da empresa, e uma poderosa alternativa para a gama médio-alto.

Assim, a nova RX 5700 é apresentada com um desempenho ligeiramente acima da RTX 2070, com um processo de 7nm, uma memória GDDR6 e um PCIe4.0.

Em relação à nova arquitetura de RDNA, teremos um novo design SIMD para a unidade de computação que, segundo a AMD, mostra uma melhoria na eficiência e um aumento no IPC de 1,25x; uma nova hierarquia de cache multi-nível revisada, que oferece benefícios que incluem menor latência, maior largura de banda e menor consumo de energia; e uma canalização gráfica mais ágil, que utiliza um fluxo gráfico otimizado para otimizar o desempenho e as frequências de clock.

Para demonstrar isso, durante a apresentação, Scott Herkelman, vice-presidente da AMD, realizou um teste de desempenho ao vivo comparando a nova AMD Radeon RX 5700 com a GeForce RTX 2070 da NVIDIA, mostrando desempenho superior de até 10% para o jogo Strange Brigade. No entanto, a escolha deste jogo favorece um pouco a AMD, uma vez que tem uma ótima otimização para o cálculo assíncrono.

No momento, embora não saibamos nada sobre seu preço inicial, já foi dada uma data para o desembarque desta nova família de placas gráficas da série Radeon RX 5000, que estará disponível a partir de julho, embora sem data específica no momento.

Portanto, a AMD deverá revelar mais informações sobre o desempenho e as características técnicas da Navi em seu próximo evento, “Next Horizon Gaming”, que será realizado durante a E3 em junho.

Comentários

Comentários