A AMD divulgou detalhes da sua recém-anunciada GPU Radeon VII, durante a CES 2019. Um pouco de confusão foi criada com a nomenclatura adotada, fazendo alusão ao algarismo 7 em numerais romanos, quando na verdade seria apenas uma abreviação para Radeon (V)ega (II).

A GPU de nova geração da AMD, será fabricada em litografia de 7nm e já especula-se seu preço para o consumidor final em torno de US$ 699,00.

Dentre algumas de suas especificações anunciadas, a nova placa de vídeo contará com 3.840 processadores stream, o que deixa claro que ela não virá com todos os núcleos do chip ativados. Segundo a publicação do site Videocardz, é provável que apenas os modelos das séries Radeon Pro e Instinct, virão com todos os núcleos da Vega de 7nm habilitados.

O processo de fabricação em 7nm, garantirá à Radeon VII, um die de 331mm, bem menor que os 495mm das Vega de 14nm, como a RX Vega 64 e RX Vega 56.

O 1º modelo da 2ª geração de placas de vídeo Vega chega para concorrer diretamente com as placas de vídeo NVIDIA GeForce RTX 2080. A AMD apostou no dobro de capacidade de memória VRAM, sendo 16GB HBM2 e o dobro da largura de banda com 1000GB/s.

Com um processo de fabricação menor e com menos núcleos ativados, espera-se que a Radeon VII tenham um consumo de energia mais inteligente e com um menor TDP.

Comentários

Comentários