Uma considerável parte do tempo de apresentação da NVIDIA na CES 2019, foi utilizada para apresentar ao público as novas GPU´s GeForce da série 20XX.

A princípio foram anunciadas 40 modelos com mais de 100 variações em suas especificações, assim como as novas versões para computadores do tipo desktop, sendo estes compatíveis com a tecnologia Ray Tracing e com tecnologias de melhoria dos gráfica através de inteligência artificial, como o DLSS.

Com data prevista para 29 de janeiro, grandes marcas como Acer, Samsung, Dell, Alienware, Asus, Lenovo, já irão comercializar seus dispositivos.

Entre esses modelos, 17 contam com o Max-Q design, conceito da Nvidia de notebooks ultrafinos, que buscam um equilibro mais preciso entre performance e portabilidade.

Na apresentação, foram feitas comparações de performance mostrando a superioridade do modelo Max-Q design com a RTX 2080, frente a um desktop equipado com a GTX 1080 de desktop, rodando inclusive o jogo Battlefield V com configurações gráficas no Ultra e com o Ray Tracing e DLSS ativados, na resolução FullHD.

Esse chip gráfico também é 40% mais eficiente que a versão Max-Q design da GTX 1080.

 

As comparações também incluíram os principais consoles do mercado, afirmando o que era óbvio: A GeForce RTX 2080 consegue entregar o dobro de desempenho que o PS4 Pro, enquanto a RTX 2060 bate o console da Sony em 1.6x.

A RTX 2060, por sinal, entrega mais desempenho que uma GTX 1070 de desktop. O line-up de GPU´s RTX para notebooks conta com os modelos RTX 2080, 2070 e 2060, os três com variações Max-Q design.

 

Como de costume, algumas fabricantes participarão da promoção que distribuirá bundles com os games Anthem (lançamento em fevereiro de 2019) e/ou Battlefield V, para os consumidores que adquirirem produtos da linha RTX.

Comentários

Comentários