A análise de hoje será do headset gamer 3Hv2 da Steelseries, que tem uma proposta um pouco diferente do que estamos acostumados, para fones de ouvido desta categoria.

Pense em um headset pequeno. Este é o 3Hv2, que antes mesmo de sair da embalagem, já nos dá a ideia que estamos lidando com um fone de ouvido realmente muito pequeno.
A proposta deste produto é ser portátil, leve e dobrável, para que você possa jogar em dispositivos móveis como tablets, smartphones, notebooks ou no PC.

Predominantemente preto com o cabo em laranja, o pequeno notável da Steelseries tem sua construção totalmente em plástico, incluindo a alça e ajustes de tamanho.
Apesar do design chamativo, a construção totalmente em plástico não inspira muita confiança com relação à robustez do produto.

Com partes móveis e giratórias, o fato é que isto acaba tornando o fone ainda mais frágil, o que nos obriga a ter bastante cuidado na hora de manuseá-lo.

Ao tentar ajustar o tamanho das hastes, você tem a sensação que está prestes a quebrá-lo. Isto porque o ajuste é um pouco duro e requer um pouco de força para ajustá-lo.

Falando um pouco de ergonomia, o H3v2 é um fone de ouvido do tipo supra-auricular. Isto é, não cobre totalmente as orelhas como os fones do tipo circumaural.

Dependendo da pessoa, poderá haver um pouco de pressão sob a orelha e um certo desconforto após longos tempo de uso. E este desconforto é ainda mais grave, se você utiliza óculos.

As earcups com espuma de memória revestidas em couro sintético, também podem causar suor excessivo. Embora a pressão nas orelhas ajude a isolar um pouco o som ambiente, isto mais atrapalha do que ajuda em fones do tipo supra-auriculares.

O cabo do tipo P2 com 1,20m de comprimento é emborrachado e conta com um adaptador de três polos.

Sobre a qualidade de som, o 3Hv2 ficou acima do esperado. Os médios e graves até que não deixam tanto a desejar. Mas os agudos não parecem ser tão nítidos quanto deveriam.

Ainda sim o fone tem bastante potência no volume e oferece boa qualidade para jogos. E isto mostra que o pequeno 3Hv2 não deve ser subestimado pelo seu tamanho.

No cabo temos o controle de volume e um botão seletor para deixar seu microfone ativo ou mudo.

Além disto temos um microfone retrátil que pode ser ajustado em qualquer posição.

A captação, embora não apresente chiados, distorce um pouco a qualidade do áudio captado. Porém, nada muito diferente do que estamos acostumados em chat para jogos.

O 3Hv2 é um mouse extremamente leve, com foco na mobilidade. Transportá-lo no dia-a-dia é uma característica muito boa para um headset gamer. Usá-lo para jogar ou para ouvir músicas em qualquer lugar e a qualquer hora é um agradável experiência.

A potência e os graves estão acima da média e a presença de um adaptador P3 de 3.5mm deixa o produto ainda mais versátil.

Quanto aos pontos negativos, o fato de ser um headset supra-auricular, pode atrapalhar jornadas de longas horas de uso.

Além disto, o headset carece de cuidados na hora de manuseá-lo, por ser muito frágil em sua construção. As hastes mereciam um acabamento em metal para ao menos melhorar sua durabilidade.

O cabo de apenas 1,20m, acaba se tornando outro problema se você quiser utilizá-lo no PC, caso o gabinete não esteja bem pertinho ao seu lado.

Se você procura um headset portátil, leve, pequeno e de fácil transporte, o 3Hv2 é uma excelente opção com graves e potência satisfatórios para jogos e músicas.

Mas se você for um “ogro das cavernas”, é melhor passar longe deste headset, pois ele não vai durar muito sem se quebrar.

Confira nossa linha completa de headsets acessando: www.waz.com.br

Comentários

Comentários