Parceiros do dia-a-dia, os fones de ouvido estão sempre conosco, seja no smartphone, ou no computador. Não é de hoje que andamos por ai com nossos fones de ouvido.

Desde 1948 a Sony já havia criado seu primeiro headphone, seguido do earphone em 1949, produzidos com a finalidade de proporcionar uma audição privada, isolando o som exterior ou para podermos ouvir o som sem o uso de caixas acústicas.

Desde então, os fones de ouvido foram utilizados em uma série de dispositivos, como por exemplo, nos saudosos Walkman´s, Discman´s, Micro system, MP3 Player´s, smatphones, tablets, computadores e videogames.

É por esta razão que eles são fabricados em uma série de formatos distintos, cada um destinado a um tipo de utilização. Nós da WAZ vamos contar para você, um pouquinho sobre cada formato, para que você se mantenha bem informado sobre o assunto.

Earbuds

Este provavelmente é o tipo mais comum de fones de ouvidos que podemos encontrar. Os earbuds geralmente acompanham os smartphones e playes´s de MP3.

Leves e com preços bem acessíveis, os earbuds são encaixados sob a orelha. Por serem apenas encaixados, permitem a entrada de som ambiente e também “vazam” bastante o som produzido por eles.

Apesar de serem os mais baratos, não significa que são de baixa qualidade. Algumas fabricantes possuem modelos de fones de ouvido do tipo earbud com qualidade premium.

AirPods

Desenvolvidos pela Apple para o uso exclusivo a partir de seus smartphones iPhones 7, os AirPods utilizam a tecnologia Bluetooth e baterias, dispensando o uso de fios.

Embora práticos na sua utilização, sua transmissão por meio de micro-ondas (bluetooth), quando em contato intermitente por longos períodos de tempo, podem afetar a barreira hematoencefálica, que é a camada protetora entre o sangue e o cérebro, que nos protege de eventuais toxinas.

Entretanto, a fabricante afirma que os AirPods estão dentro dos padrões estabelecidos pela Comissão Federal de Comunicações, com relação aos padrões de radiação estabelecidos.

Intra-auriculares

Os fones de ouvido do tipo intra-auriculares podem ser categorizados como uma evolução anatômica dos earbuds. Ao invés de apenas encaixados sob a orelha, os intra-auriculares são inseridos próximos à parede interna do ouvido.

Proporcionam mais conforto, graças às suas ponteiras (termo usado no revestimento) feitas em silicone, e possuem bom isolamento para ruídos do ambiente. A desvantagem é que estes fones podem causar perda de audição gradativa caso o usuário goste de escutar o som alto demais.

Supra-auriculares

Os fones desta categoria ficam encostados sob a orelha, sem cobri-las totalmente. Em sua maioria apresentam arcos sob a cabeça e devido à distância da fonte de som até o tímpano, possuem tons graves menos evidentes.

Os supra-auriculares também não isolam o ruído ambiente e “vazam” bastante o som produzido, permitindo à qualquer pessoa próxima, xeretar o que você está ouvindo, mesmo em volume razoavelmente baixo.

Os primeiros fones de ouvidos classificados como “headsets”, nada mais foram do que fones do tipo supra-auriculares com a adição da função de microfone, onde foram muito utilizados por equipes de callcenter´s.

Circumaurais

Os fones de ouvido do tipo circumaurais, cobrem toda a orelha, como uma enorme concha, isolando quase totalmente os sons de ambientes externos e proporcionado uma ótima experiência em potência e graves.

Além de serem utilizados em entretenimento doméstico, os principais modelos profissionais são produzidos neste formado, devido sua capacidade de adicionar recursos como por exemplo o cancelamento de ruído, a amplificação de áudio, quantidade de canais e efeitos de equalização diversos.

Entretanto, os fones deste tipo geralmente são pesados, grandes e geralmente esquentam sua orelha, o que em um dia quente de verão pode ser um incômodo.

Conclusão

Além dos tipos de fones de ouvido citados anteriormente, existem suas variantes, geralmente relacionadas à ergonomia e/ou tipo de conexão.

Temos fones do tipo Behind-the-neck que possuem o arco circundando o pescoço ao invés do topo da cabeça.

Conexões do tipo com plugue P2 ou P10 cabeados, sem fios via conexão Wireless ou Bluetooth são outros tipos de conexões que podemos encontrar dentre os diversos tipos de headset.

Agora que você já sabe qual o fone de ouvido ideal para sua prática esportiva, entretenimento, trabalho ou jogos, faça uma visita em nosso site www.waz.com.br

Aqui é o lugar certo para quem é fanático por tecnologia.

Comentários

Comentários