Imagine o seguinte cenário… Você formatou seu sistema e está reinstalando o sistema operacional. Deste modo, todos os drivers precisarão ser reinstalados também, para que tudo volte a funcionar.

Atualizar os drivers do computador ou do notebook, pode ser algo bem fácil, se você tiver os discos dos respectivos fabricantes que acompanham o produto.
Mas existe um pequeno probleminha neste tipo de atualização, que utiliza os discos fornecidos pela fabricante.

Os drivers contidos nestes discos, são desatualizados, uma vez que eles foram desenvolvidos na época em que estes dispositivos foram fabricados. Novos sistemas operacionais e funcionalidades aparecem e os drivers do seu sistema podem estar defasados.

Então você pensa: “Ah! É só baixar um programinha que faz isso automaticamente.”
Na verdade não é bem assim. Estes programas muitas vezes fazem o download e a instalação de drivers genéricos, que podem fazer seu dispositivo apresentar alguns erros.
Isto acontece bastante com notebooks, que possuem drivers proprietários, em alguns casos.

Ainda sim, estes programas são bastante úteis para usuários que não sabem como encontrar manualmente os drivers, em diversas páginas de diferentes fabricantes.

Alguns dos programas mais conhecidos para instalação automática de drivers são:

Driver EasyDownload
DriverPack SolutionDownload
Driver BoosterDownload
SlimDriversDownload
Snappy Driver InstallerDownloads

Porém, maneira mais adequada de atualizar os drivers do sistema, é conhecer seu equipamento.
Vamos pegar por exemplo uma placa de vídeo… Se você já conhece o fabricante e sabe o modelo, basta acessar a página desta mesma fabricante e baixar o driver mais recente. Uma tarefa que é super fácil.

Mas alguns componentes internos do computador, tais como chipset de rede, controladoras USB, controladoras de áudio, Wi-Fi, Bluetooth, nem sempre são fáceis de se identificar.

Se estivermos falando de um PC convencional, é relativamente fácil encontrar o nome da fabricante e o modelo impressos na placa-mãe, abrindo a tampa lateral do PC.
Além de impressos na placa-mãe, podemos verificar o nome e modelo na caixa do produto ou no manual do usuário, quando estes estão à disposição.
Basta acessar a página da fabricante e procurar os drivers do modelo em questão.

Mas quando estamos falamos de um notebook, não dá pra desmontar o mesmo apenas para encontrar o modelo e o fabricante.
Para resolver este problema, podemos dar algumas sugestões para facilitar a sua vida.

A primeira dica é procurar a etiqueta localizada na parte debaixo do notebook.
Nela é possível verificar o nome e modelo do notebook, além do numero de série. De posse destas informações, fica mais fácil localizar os drivers corretos na página da fabricante.

A segunda dica e a mais importante…
Quando a fabricante é desconhecida, você poderá utilizar um software que identifica todos os chipsets e controladoras do seu sistema.

Um software bastante conhecido para detectar todo o hardware do seu sistema é o Everest, também conhecido como AIDA32 e AIDA64. Outra opção é o SiSoftware Sandra.

Este programas, além de detectarem o hardware e apontarem o site de seus respectivos fabricantes, possuem outras ferramentas legais como medição de temperaturas, configurações de tensão e frequência e até testes de benchmark.

Assim você conseguirá detectar cada componente e ir diretamente para a página oficial das respectivas fabricantes, a fim de baixar os drivers mais atualizados para sistema.

Comentários

Comentários