Já pensou no dia em que todos os seus dispositivos WiFi saberão exatamente como você está se sentido? Ou mesmo lhe avisar que você precisa cuidar mais da sua saúde?

Ao que parece os médicos e psicólogos terão mais uma ferramenta no auxílio do diagnóstico do paciente e esse dia não está tão distante quanto imaginávamos que seria.

Isso é possível graças ao avanço em pesquisas mais recentes relacionadas com Inteligência Artificial, que estão sendo realizadas por engenheiros e pesquisadores do MIT – Massachusetts Institute of Technology.

A pesquisa consiste em transformar qualquer aparelho que possa emitir sinais WiFi, em um dispositivo capaz de detectar seu estado emocional, além de medir os sues batimentos cardíacos com o uso de inteligência artificial.

Os sinais e frequência emitidos por um simples roteador doméstico por exemplo, faria todas as medições de maneira individual e precisa para cada pessoa no alcance do sinal WiFi.

Através de um emissor RF trabalhando em conjunto com complexos algorítimos similares aos já existentes em eletrocardiogramas (EKG/ECG), a inteligência artificial conseguirá realizar as medições sem os inconvenientes eletrodos e emaranhados de fios conectados ao corpo humano, de forma bem mais eficiente.

Em resumo o emissor RF realiza cálculos para medir as ondas que são emitidas e imediatamente refletidas pelo corpo humano e logo, em seguida, reenvia todas as informações para a Inteligência Artificial.

Para traduzir as informações coletadas e determinar qual é o tipo de emoção exata da pessoa a ser analisada, um sistema de aprendizado autônomo chamado EQ-Radio entra em ação.

Isto possibilita avisar ao paciente com bastante antecedência sobre os cuidados que o mesmo precisa tomar quanto a sua saúde, sempre que houver algum risco detectado. Por exemplo, a tecnologia poderá prever o paciente sobre o risco de um ataque cardíaco e salvar vidas.

Muito interessante não é mesmo. Comente aqui o que você acha das tecnologias voltadas para a saúde em ambiente doméstico.

Comentários

Comentários