A Consumer Electronics Show, ou apenas CES, acontece anualmente e é conhecida como uma das principais feiras de tecnologia do mundo. Nela, várias empresas fazem os seus lançamentos mais importantes, que definirão as suas estratégias de mercado a médio e longo prazo. Em janeiro de 2017, a AMD, uma das principais fabricantes de processadores do mercado, pretende lançar a sua nova linha de processadores, a Zen.

A nova geração, que possui codinome Summit Ridge, terá 8 núcleos com dezesseis threads e é uma das mais esperadas dos últimos anos. Quer saber mais sobre ela? Então, veja o nosso post de hoje!

AMD Zen: a nova aposta da gigante de Sunnyale

A nova linha de processadores da AMD é a aposta da fabricante para ganhar a liderança do mercado de computadores e será lançada em janeiro, na CES. A previsão é que eles cheguem ao mercado já no mês seguinte, prontos para serem utilizados pelas placas mães com chipset AM4 e o chipset X370.

Todos os novos processadores serão fabricados por meio de um novo processo, chamado FinFET de 14 nanômetros e terão entre quatro e oito núcleos.

A importância dos processadores da linha Zen para a AMD

A geração Zen é uma das mais esperadas pelo mercado e pelos fãs da marca nos últimos anos. Essa é a primeira linha de processadores feita pela AMD para competir no mercado de CPUs high-end há cinco anos, quando a linha Bulldozer foi lançada. Além disso, a linha Zen traz uma série de inovações que a fabricante ainda não tinha utilizado em seus produtos.

Os processadores AMD Zen são os primeiros a terem multithreading simultâneo. Além disso, essa é a linha com processo de fabricação mais próximo do utilizado pela maior concorrente da AMD, a Intel, desde a linha de CPUs Athlon, lançados há mais de dez anos.

Em outras palavras, esse lançamento pode colocar a AMD em uma forte posição contra a Intel, algo que não ocorria desde o início dos anos 2000. Essa linha de CPUs foi projetada do zero pelo engenheiro de hardware Jim Keller, o mesmo responsável pelas gerações mais importantes de processadores da história da fabricante, a Athlon XP e a Athlon64.

A luta pela liderança do mercado

As CPUs da linha Zen foram projetadas para fornecer alta performance com baixo consumo de energia. E diante das informações já divulgadas, quando os processadores dessa geração são comparados com a linha Bulldozer, eles são capazes de entregar o dobro de performance para cada núcleo com um consumo de energia inferior.

Todos os processadores da linha Zen serão compatíveis com a nova plataforma de segurança da AMD, com memórias DDR4 dual channel, portas USB 3.1, NVMe, SATA Express e PCIe 3.0. Para garantir que os usuários dos novos CPUs tenham sempre o máximo de performance possível, a AMD criou o socket AM4.

Com lançamento previsto para os próximos meses, o novo socket é compatível com a sétima geração de processadores da AMD (AMD A-Series). Consequentemente, a fabricante de processadores promete uma geração de CPUs mais poderosa, econômica, escalável e confiável.

Quer receber as principais novidades sobre tecnologia do mercado? Então, siga os nossos perfis no Facebook e no Twitter!

Comentários

Comentários