Passar horas e até mesmo o dia todo diante da tela do computador é uma realidade para muitos, seja no trabalho ou mesmo por diversão.
Algumas pessoas buscam produtividade e performance na escolha de um bom monitor. Já outras, buscam conforto e saúde. Por esta mesma razão, algumas das características e funções de um monitor são essenciais na hora da escolha.

Veja algumas das características que você não deve deixar de observar quando for comprar o seu monitor:

Tamanho

O tamanho de um monitor, geralmente medido em polegadas, não refere-se apenas ao tamanho físico. Esta característica também está diretamente relacionada à resolução de exibição da imagem. Monitores maiores tendem a suportar maiores resoluções, ou seja, a quantidade de pixels que a tela é capaz de exibir.

A maioria dos monitores comuns e econômicos atualmente exibem em 1080 pixels, o que corresponde a uma resolução de 1.920 x 1.080. Mas existem resoluções muito maiores e para todas as necessidades.

Também é importante definir se você irá combinar dois ou mais monitores em sua mesa. Pois o espaço para colocá-los na mesa ou em suportes de parede dependerá do tamanho de cada um destes. O ideal é que quanto maior o tamanho da tela em polegadas, maior seja a resolução para garantir uma boa definição na imagem.

Tipos de telas

Apesar de não ser uma característica muito observada pela maioria, o tipo de tela é muito mais importante do que parece, dependendo da finalidade do monitor.

Independente dos monitores serem de LCD, LED ou OLED, existirão três tipos de paineis:

- Tipo TN: São os de LCD mais comum. Possuem uma resposta rápida e atualizam a imagem o tempo todo, o que o torna ideal para os jogos.
No entanto, as cores não são muito precisas e a imagem se perde quando vista de determinados ângulos.

- Tipo VA: Os painéis do tipo VA são uma opção relativamente mais cara que o tipo TN, por possuírem maior precisão na exibição de cores.
Ainda sim, podem também produzir certa degradação nas cores e na imagem quando vista de diferentes ângulos.

- Tipo IPS: Possuem alta precisão de cores, de qualidade superior aos VA e aos TN.
São ideais para os profissionais editores de vídeo, designers gráficos, e outras pessoas que se dedicam às artes digitais.
No entanto, não possuem uma taxa de atualização tão eficiente quanto os monitores do tipo TN, não sendo assim tão recomendados para os jogadores, além de possuírem um preço elevado.

Taxa de atualização e fotogramas por segundo

A maioria dos monitores possui uma taxa de atualização de 60 Hz, o que é mais que suficiente para aplicativos comuns de desktop, mas não funcionam tão bem quando há imagens em movimento, como quando você está assistindo a um vídeo ou jogando em placas gráficas de alta performance.

A taxa de atualização significa a quantidade de vezes por segundo em que a imagem é atualizada no monitor.

No caso de jogos e filmes em altas resoluções, quanto maior a taxa de atualização, melhor será a escolha.

Conexões

Fique atento aos tipos de conectores, entradas e saídas disponíveis no seu monitor.

Talvez você necessite de várias entradas para conectar diversos equipamentos, ou mesmo de uma conexão específica. Os tipos mais comuns são VGA (D-Sub), DVI, HDMI e DisplayPort.

É importante lembrar que, mesmo definido o tipo de conexão, existem diferenças na versão relacionadas à resolução suportada.

Formatos, ajustes e recursos

Caso tenha intenção de instalar um ou mais monitores na parede, certifique-se que o mesmo possua furação para suporte. O padrão mais comum para suportes é o chamado VESA. O tamanho dos cabos também é importante e talvez seja necessários adquirir cabos extras de maior comprimento separadamente.

Outra característica para aqueles que desejam utilizar o monitor sob a mesa, é a existência de ajuste de altura e ângulo de inclinação. Aliado a isto talvez você deseja também suporte a travas de segurança.

Fique atento à recursos e tecnologias oferecidas

Cada fabricante costuma dar um nome comercial a um recurso que está presente em outras marcas, porém com nomes diferentes. Procure entender a definição de cada tecnologia mencionada pela fabricante e compará-la em funcionalidade com outros modelos de monitores que tenham lhe despertado interesse na compra.

Por fim, verifique o formato de tela desejado. A maioria dos monitores modernos estão disponíveis no formato 16:9 widescreen. Mas existem formatos maiores para cada necessidade.

 

 

Comentários

Comentários