Os últimos anos têm se voltado cada vez mais para o desenvolvimento de aparelhos que utilizam tecnologias touch. Já são tantos que hoje em dia é até difícil categorizá-los: é o caso dos celulares extra-grandes ou tablets extra-pequenos que estão sendo chamados de “phablets” (phones + tablets). Primeiro com os celulares e tablets, e agora os notebooks também!

Com tanto bafafá sobre esse assunto, costumamos querer acompanhar as tendências do mercado e adquirir os últimos lançamentos. Mas será que vale a pena? No post de hoje vamos destacar algumas das vantagens e desvantagens de se comprar um notebook com touchscreen! Confira!

article-2282454-182F2503000005DC-452_634x476

Vantagens

Interface mais intuitiva para Windows 8

O sistema operacional Windows 8 foi feito para aparelhos touchscreen. Utilizar os painéis interativos e as ferramentas desse sistema operacional é muito mais intuitivo com os dedos do que com um mouse ou touchpad. Além disso, alguns dos programas já foram desenvolvidos para esta plataforma com a tecnologia touch em mente, tais como o Microsoft Word (entre outros do pacote Office) e o Photoshop, da Adobe.

Maior praticidade e facilidade de navegação

Caso sua rotina de utilização do notebook não envolva muita precisão nos cliques, um notebook com touchscreen é mais prático porque evita a necessidade de um mouse e touchpad. Além disso, a navegação pela internet e programas é surpreendentemente facilitada, principalmente agora que, cada vez mais, os desenvolvedores de software incluem as tecnologias touch em seus produtos e serviços.

ts-20090605060723

Mais resistência

A maioria dos notebooks touchscreen modernos vêm acompanhados de produtos protetores e garantias contra quebras, quedas, arranhões e demais danos na tela, já que a tela é mais importante nestes aparelhos do que em notebooks convencionais. Por isso, o computador acaba ficando mais resistente como um todo (boa alternativa para os atrapalhados e azarados de plantão!).

Maior velocidade de processamento em relação a tablets

Os notebooks touchscreen trazem ao usuário o conforto e sistema de utilização de um tablet, mas com o poder de processamento de um computador. Com isso, pode-se utilizar aplicativos, programas, jogos e demais ferramentas mais pesados sem medo de travamento, falta de memória ou lentidão.

Touch_screen_laptop_-_CNET

Desvantagens

Custo

O primeiro ponto a se considerar é o preço. Um notebook touchscreen costuma ser mais caro do que um notebook convencional, se comparadas apenas suas capacidades técnicas (processador, memória, HD, vídeo, etc.). 

Manutenção

Assim como o problema do custo de aquisição, há o problema do custo de manutenção. Geralmente, uma peça danificada em um notebook touch (principalmente os componentes da tela) acaba saindo com um preço bem salgado. Além disso, a limpeza da tela com produtos adequados deve acontecer com mais frequência — a menos que você não se importe de ter sua tela toda oleosa e suja de manchas de dedo o tempo inteiro! Existem também danos que não ocorrem em aparelhos convencionais, como o afrouxamento da tela, já que ela se move quando tocada. Este esforço repetitivo faz com que a tela acabe ficando bamba, necessitando de reparos.

670px-CleanLaptopScreen-3

Dificuldades técnicas

O tipo de tecnologia empregado para touchscreen demanda recursos do hardware da máquina. Isto, por sua vez, é resolvido por sistemas de software que nem sempre facilitam a vida de quem usa muitos programas, pois pode haver problemas de compatibilidade. Muitos, por exemplo, não rodam aplicativos x86, excluindo toda uma família de programas feitos para este modelo de processamento.

Além disso, há um custo em energia: enquanto a maioria dos notebooks convencionais modernos procura garantir um mínimo de 10 a 12 horas de bateria ao sair da fábrica, os notebooks touchscreen geralmente apresentam metade disso.

Não-otimização

Por fim, os sistemas touchscreen ainda não estão otimizados, e especialistas dizem que ainda não estão sendo explorados em seu potencial. Por isso, alguns sugerem que talvez seja mais interessante aguardar o amadurecimento da tecnologia antes de investir em um notebook com touchscreen.

No fim das contas, depende das preferências do consumidor e do seu entendimento do custo-benefício. Caso você acredite que sua rotina de trabalho, lazer ou qualquer outra forma de utilização de seu notebook, possa ser beneficiada com esta tecnologia, vá em frente! Se não, talvez seja o caso de investir em um notebook convencional mais potente. O que você acha? Conte sua opinião pra nós através dos comentários e continue de olho no nosso blog!

Comentários

Comentários