Aquela notificação de espaço insuficiente em disco está te atormentando toda vez que tenta copiar algo para o seu computador? Acabar o espaço do seu HD bem na hora de salvar um trabalho ou um jogo não é nada agradável, não é mesmo? Então você deve pensar (seriamente) em trocar o seu disco rígido. Mas qual a melhor alternativa? Trocar por um novo? Investir em um HD externo? Acrescentar um segundo HD ao computador? São muitas as possibilidades e é por isso que desenvolvemos este post: para te ajudar a decidir e entender um pouco mais sobre o assunto. Confira!

Velocidade e desempenho

A primeira questão a ser resolvida neste sentido é: você deve trocar seu HD, ou é melhor colocar um novo e manter o antigo? Se você é adepto ao particionamento do seu disco rígido em duas ou mais unidades a melhor opção é manter seu disco antigo para salvar seus arquivos e colocar um novo (e, portanto, mais rápido!) para rodar o seu sistema operacional e programas. Se esta for a sua primeira opção, vale a pena conferir os discos de unidade de estado sólido, mais conhecidas com SSD.

Colocar um SSD no seu computador ou notebook é uma opção para acelerar o desempenho da máquina. Enquanto um HD convencional de 7.200 RPM lê dados a 200 Mbps, as unidades SSD podem atingir velocidades de 550 Mbps ou mais. O ganho em velocidade de carregamento do sistema e programas é perceptível e pode chegar a carregar programas duas vezes mais rápido do que em um HD comum.

HD x SSD

Locomoção e portabilidade

A segunda questão que pode te perseguir é: será que é melhor carregar meus arquivos e backups por ai ou guardar no próprio computador? Se você utiliza transferências em número razoável de arquivos e não precisa locomovê-los para muitos lugares, o HD interno é a melhor opção. Com ele é possível transferir arquivos diretamente para o sistema de processamento central, com maior velocidade e garantia. Além do mais, o preço do disco interno é menor que do externo.

Mas se além de guardar uma quantidade razoável de arquivos, você precisa transportá-los com frequência, o HD externo é a melhor opção. Uma das vantagens de poder carregar seus arquivos em um “super pen drive” é a portabilidade. Você pode carregá-lo dentro do bolso, sendo que os modelos slim utilizam discos de 2,5 polegadas (HD de notebook), que são pequenos e leves. E melhor ainda, através de uma simples porta USB você acessa todos seus arquivos. Porém, todos os HDs são sensíveis a temperatura e impactos, então fora de um gabinete ele é muito mais vulnerável. Se você prefere um dispositivo de armazenamento externo, deve ser bastante cuidadoso e corajoso — se não tiver cuidado com o seu manuseio poderá perder facilmente seus arquivos.

mini-hd-externo-portatil-1tb-usb-3.0toshiba-canvio-com-software-de-backup-088226100

Necessidade e capacidade

Geralmente quando você vai comprar algum dispositivo para seu computador o custo-benefício é uma questão muito recorrente, não é mesmo? E quando se trata de armazenamento, trabalhos, arquivos em grande ou pequena escala, você deve pensar na opção que cabe melhor à sua necessidade. Uma dica essencial é lembrar que um bom HD é sinônimo de capacidade de armazenamento, velocidade de leitura, transferência de dados, e é claro, durabilidade.

E então, qual o seu caso? Troca, substituição ou complementação de HD? Conte pra nós através dos comentários!


Comentários

Comentários