Há anos que Neil Young propõe revolucionar o mercado fonográfico aumentando a qualidade de áudio das músicas digitais. E, dessa vez, parece que o projeto saiu definitivamente do papel e foi parar no site de financiamento coletivo Kickstarter. Com o nome de PonoPlayer, o dispositivo pretende oferecer a melhor experiência possível em música digital, sem pecar com a qualidade do áudio. Conheça este incrível aparelho!

Triângulo musical

Em formato triangular, semelhante a um prisma, o gadget chama a atenção facilmente. E não é só a forma que se destaca, o design clean e user friendly favorecem o manuseio do player, que conta com touch display LCD, teclas de ajuste de volume e botão power. Além disso, as laterais possuem entradas para fones e auxiliares, porta micro-USB e leitor de microSD.

25d5f21922afc17996391f4bec6d125c_large

Armazenamento expansível

No hardware, o PonoPlayer conta com 64 GB de storage, que podem ser complementados com um cartão microSD de mesma capacidade, totalizando 128 GB de memória disponíveis para armazenar entre mil e duas mil músicas em alta resolução. Pode parecer pouco, mas a qualidade justifica o espaço.

Prioriza formato FLAC, mas também aceita MP3

Um dos diferenciais do dispositivo e que carrega consigo toda a essência do projeto é o formato de compressão do áudio. Ao evitar usar os modelos tradicionais, como o MP3 – que não confere a qualidade exigida pelos desenvolvedores às músicas –, se optou pelo uso do formato FLAC, com o qual é possível extrair os melhores resultados do áudio, em ultra qualidade. Como consequência, este modelo origina arquivos bastante grandes e, nesse contexto, está o propósito da capacidade de armazenamento ampliada.

DSC00796_zps73e5b804

PonoMusic App

Você deve estar se perguntando como converter suas músicas para FLAC, não é mesmo? É aí que aparece a outra sacada de Young! Para dar suporte aos usuários do player, o projeto conta com a PonoMusic App, que nada mais é do que uma loja online para compras de faixas em FLAC. E o processo é bem simples, o usuário deve conectar o gadget a um PC ou Mac e, a partir do loja, sincronizar as músicas ao dispositivo.

Ainda não foi divulgado quantas faixas serão disponibilizadas pela loja, nem se usuários fora dos Estados Unidos poderão utilizá-la. Porém, isso não parece ser um impasse para a comercialização do PonoPlayer, uma vez que este também roda os formatos MP3, WAV e ACC.

Pontos fracos

Contudo, o tendão de Aquiles parece ser a bateria, que possui autonomia prevista para até oito horas de uso constante. Há, também, quem justifique o formato triangular como um ponto fraco. É claro que o conjunto da obra pesa bastante, mas o foco está direcionado à qualidade das mídias e nesse quesito o gadget não deixa a desejar, podendo reproduzir codificações de até 9216 kbps (192 kHz/24 bit).

Com sucesso, o lançamento está previsto para outubro deste ano, nos Estados Unidos, e disponível em três cores – amarela, prata e preta. Enquanto os modelos não chegam nas lojas físicas, as edições promocionais do gadget podem ser encontradas na plataforma Kickstarter por 300 dólares, na versão padrão, e 400 dólares nas assinadas por artistas associados, tais como Patti Smith, Willie Nelson, Dave Matthews Band, Tom Petty e, claro, o empreendedor Neil Young. O preço é um pouco salgado, mas quem preza por sons bem equalizados e definidos vai, certamente, adorar ter um player desses.

d197c9aa289f6c34ecb65f544ac494e6_large

E vocês, o que acharam dessa novidade? Conte para a gente nos comentários!


Comentários

Comentários