Preocupar-se com a ergonomia no local de trabalho, ou mesmo em casa, quando se passa muitas horas em frente ao computador, é uma forma saudável e mais confortável de se reduzir a tensão física e aumentar a produtividade. Dessa forma, escolher uma cadeira de escritório que se encaixa corretamente no seu tipo físico irá evitar distúrbios relacionados à postura, músculos e articulações.

Hoje, existem no mercado diversos tipos de cadeiras para esta finalidade. Entre modelos, cores e preços, há algumas características que você precisa considerar antes de levar sua nova cadeira para casa, já que você vai passar boas horas do seu dia nela.

O assento é confortável e se encaixa na sua forma?

O assento de cadeiras ergonômicas não pode ser muito longo para as pernas, caso contrário, ele irá encostar na parte de trás dos joelhos e impedí-lo de inclinar-se totalmente para trás, contra o apoio lombar. O indicado é que exista um espaço de 2 a 4 centímetros. Muitas cadeiras ergonômicas tem o comprimento do assento ajustável através de bandejas para acomodar diferentes tamanhos de corpo.

Cadeiras ergonômicas tem um assento em forma de “cachoeira”, que se curva para baixo. O assento também deve permitir que o peso do corpo seja distribuído de forma uniforme, prezando pelo conforto.

Procure saber qual o tipo de espuma do estofamento do assento. Espumas de baixa densidade, após uso contínuo, se deformam e não irão oferecer um suporte confortável. Se esse amortecimento for insuficiente ou inadequado poderá causar desconforto e desequilíbrio nas costas e nos quadris. Infelizmente, a melhor forma de saber se a espuma é a ideal, é usando a cadeira por alguns dias.

1


Altura da cadeira deve ser ajustável?

De preferência, escolha uma cadeira com altura ajustável. É a melhor forma de você encontrar a melhor posição na mesa de trabalho. A maioria das cadeiras possuem ajustes pneumáticos, porém, algumas mais baratas ainda o fazem através de fios e partes mecânicas. Observe este detalhe na hora de escolher a cadeira.

Procure também observar os intervalos do ajuste de altura. Se a cadeira for incapaz de manter os seus pés firmemente no chão, será necessário comprar um apoio para os pés. Além disso, lembre-se que o mecanismo de ajuste deve ser de fácil acesso e funcionar enquanto você está sentado.

O apoio lombar é confortável?

A parte inferior das costas – a região lombar- é a região mais propensa a causar dores e inflamações. É a área que mais sofre pressão se você ficar muito tempo sentado de forma errada ou numa cadeira ruim. Dessa forma, é importante que a cadeira ergonômica tenha ajustes para a lombar. Em geral, esses ajustes são: para cima e para baixo; para frente e para trás.

O primeiro ajuste deve ser feito de acordo com a altura do usuário da cadeira. O apoio deve ficar exatamente no meio da região lombar, proporcionando uma curvatura confortável para o apoio. O ajuste para frente e para trás deve ao mesmo critério. Este ajuste também deve servir para que você não sente muito para frente, nem muito para trás na cadeira.

lombar

 

O encosto é grande o suficiente?

Muitas cadeiras têm apoios grandes o suficiente para fornecer o que é chamado de mid-back. São aqueles volumes laterais que impedem que você deslize para os lados e tenha um apoio reto e perfeito na cadeira. Além disso, a altura do encosto deve compreender, no mínimo, até a altura dos ombros. Outro ponto importante é que o encosto não deve interferir na sua capacidade de mover os cotovelos para trás do tronco.

O encosto reclina?

Ter a possibilidade de reclinar o encosto é uma característica pouco observada na hora de comprar uma cadeira, mas muito importante. Mover as costas enquanto você está sentado ajuda a manter a coluna saudável. Procure cadeiras que permitam reclinar facilmente, proporcionando um bom apoio para as costas em diferentes posturas.

Bloquear o encosto da cadeira em uma posição geralmente não é recomendado para os usuários, pois restringe o apoio fornecido às costas. Além disso, profissionais da saúde defendem os benefícios do uso de cadeiras que suportam sessões dinâmicas, com movimento, ao invés de uma postura estática.

cadeira encosto

Como é a base da cadeira?

Cadeiras com rodízios ou suportes fixos pouco influenciam na ergonomia. Se o seu ambiente trabalho necessita que você se movimente para um lado ou para o outro, rodízios serão bem-vindos. Se não, não há problema de uma cadeira sem rodas. É mais uma questão de preferência e preço.

Se a escolha for por rodízios, compre uma cadeira com cinco apoios. Cadeiras com apenas quatro apoios tendem a tombar facilmente, aumentando o risco de acidentes.

Você precisa de braços na sua cadeira?

Cadeiras ergonômicas possuem braços ajustáveis. E estes devem ser projetados para serem confortáveis, de preferência almofadados. Ao sentar, você deve ser capaz de se adaptar facilmente à altura dos braços. Você também deve ser capaz de se mover facilmente para, por exemplo, usar o mouse ou o teclado. Cadeiras sem braços não são indicadas porque aumentam o esforço nos ombros, causando fadiga e desconforto.

Você precisa de apoio para os pés?

Na grande maioria das situações, você não deve precisar de apoios para os pés. Você deve ser capaz de sentar-se confortavelmente com os pés confortavelmente apoiados no chão. No entanto, se você precisar de apoio, escolha um do tipo free-standing, que é um apoio montado no chão que permite que você altere o ângulo e a altura do descanso.

PROD393562

Qual o melhor acabamento?

As cadeiras podem ser feitas em uma variedade de materiais de revestimento. Cada um com suas vantagens e preocupações. Vinil é um material fácil de limpar e resistente a líquidos, mas não transpira. No verão é comum que se acumule suor após longos períodos sentado.

Estofamentos de tecido são mais comuns, mas são menos resistentes e mais difíceis de limpar. Um assento de tecido também sofrerá com o calor e umidade, permitindo que ácaros se criem na espuma. Outro acabamento comum é do tipo “tela”, onde um tecido é esticado sobre um quadro de metal. Além de ser confortável e permitir a passagem do ar, não possui custo elevado. Entretanto, acumula sujeira entre as camadas de tecido e não é tão durável quanto cadeiras estofadas. Ao selecionar sua cadeira, pense sobre questões limpeza e manutenção.

Mesmo estando confiante com as respostas para todas as perguntas que fizemos acima, ainda é recomendado que você vá até uma loja e sente na cadeira que deseja comprar. Essa é a melhor forma de você observar se ela é confortável para o seu tipo de corpo. Uma cadeira, normalmente, é um investimento de longo prazo. Portanto, fique atento para fazer a melhor escolha.

E você, qual tipo de cadeira mais gosta? Conte para a gente nos comentários.


Comentários

Comentários