Você está montando seu PC novinho em folha e chegou aquela hora em que você se pergunta: Que placa de vídeo escolher? Escolher uma placa de vídeo pode ser uma tarefa complicada para quem não entende muito do assunto. Por isso preparamos este guia com algumas informações úteis e dicas para você tomar uma decisão acertada.  

Esqueça os números e nomes complicados

Antes de começar, saiba que cada fabricante (e seus departamentos de marketing) usa nomes completamente diferentes para recursos parecidos e há uma quantidade absurda de informações técnicas jogadas por cima de todos estes jargões. É preciso ficar atento a estas informações, mas nunca se deixar guiar exclusivamente pelos números. Entenda os usos e benefícios de cada placa e não apenas as informações do fabricante!

Qual o uso principal do seu computador? Que aplicativos você mais usa?

Algumas placas de vídeo possuem recursos que são muito específicos e custam muito caro. As linhas Quadro da nVidia e ATI FirePro da AMD por exemplo, são otimizadas para aplicações em engenharia e mesmo suas versões mais poderosas não são boas para games. O contrário também vale. Uma placa excelente para games pode ficar praticamente inutilizada se seu uso primário é outro. Confira sempre com os distribuidores dos softwares que você mais usa se eles podem tirar proveito de processamento feito na GPU (Graphics Processing Unit,ou Unidade de Processamento Gráfico – é o nome do processador, do cérebro da placa de vídeo) e leve isso em consideração na compra.

Quantos monitores você usa? Em qual resolução?

Para alimentar mais de um monitor a placa precisa processar um volume de informações muito maior. A mesma lógica se aplica a maiores resoluções: quanto mais pixels, mais cálculos devemser feitos para atualizar a tela, então mais poderosa deve ser a placa. Você deve estar atento também à quais conectores e portas você precisa na placa. Não adianta chegar com uma placa novinha em casa e não ter como ligá-la no seu monitor, TV ou projetor.

419e0372_vbattach136115

Quanto dinheiro você está disposto a gastar com isso?

Sejamos realistas. Quase ninguém pode se dar ao luxo de gastar milhares de reais em setups com placas topo de linha. Defina quanto quer, ou pode gastar e procure o melhor custo benefício nesta faixa de preço.

Qual o nível de perfomance do seu computador?

Você não quer uma placa de vídeo mais simples atrapalhando seu super computador de utilizar todo o seu potencial. Mas em um computador mais antigo uma placa mais moderna pode ser um gasto desnecessário, já que ela ficará parada, esperando seu processador que não dá conta de acompanhar. Dependendo da idade do seu sistema, ele pode nem ser compatível com as placas disponíveis no mercado. Melhor guardar o dinheiro e investir em uma máquina nova mais pra frente.

CC600T-WHT-PRO-03

Listar e escolher

Com estas informações em mãos, você deve listar aqui na WAZ, alguns modelos que atenda sua necessidade. Um bom vendedor pode ser de grande ajuda nesta hora. É a partir desta lista que você vai pesquisar mais a fundo cada placa e escolher qual delas é mais vantajosa para você. A melhor forma de fazer isto é continuar ignorando os números, por enquanto. Há vários sites especializados em testes de hardware. Eles rodam uma bateria de testes muito rigorosos em cada nova placa que sai e disponibilizam os resultados gratuitamente. A maioria dos sites testa inclusive o desempenho em vários jogos, então se você quiser, pode saber qual desempenho esperar no seu game favorito! Comparar os resultados destes testes especializados é no geral muito mais prático que comparar todos os números e informações técnicas que cada fabricante disponibiliza.

Isto deve concluir a missão de escolher sua nova placa de vídeo para a maior parte das pessoas. Mas se você ainda faz questão de entender melhor o que está adquirindo, ou quer fazer comparações mais técnicas entre uma e outra, não se preocupe. Entenda o que são os principais termos usados nas descrições das placas:

Intro

Interface: É a conexão entre a placa de vídeo e a placa-mãe. É absolutamente fundamental que as duas sejam compatíveis, caso contrário não há como instalar a placa no computador. A grande maioria das placas que você encontrará hoje em dia usam PCI-Express 2.0 ou 3.0. Placas de alto desempenho podem usar 2 slots no computador, ao invés de uma. Confira com atenção se sua placa-mãe é compatível!

GPU (Processador Gráfico):O nome do processador da placa de vídeo. É um componente crítico, o coração e o cérebro da placa. Possui várias características próprias e cada fabricante tem seus padrões de nomenclatura em suas linhas, então deve-se consultar a ficha técnica de cada um caso queira comparar suas especificações reais. Para clock (frequência), número de transistores  e computing perfomance (desempenho computacional) quanto maiores os números, melhor. Já no quesito processo de fabricação, um número menor indica um processador mais moderno.

Memória: Responsável pelo armazenamento temporário dos dados processados pela placa. As características mais importantes de memória são sua capacidade, frequência e largura de banda. A banda (bandwidth) da memória refere-se à quantidade de dados que consegue transitar ali simultaneamente. Isto é crítico para o desempenho em alta demanda. A frequência é basicamente a velocidade da memória, quão rápido ela consegue ler e escrever dados e a capacidade é seu espaço disponível para guardar dados. Para estas características, quanto maior o número, melhor.

Conexões de vídeo e resoluções: São as portas, os conectores que estão disponíveis na parte de trás da placa, assim como as resoluções máximas suportadas por cada um deles. Muitas pessoas ainda tem aparelhos com conexões VGA, um padrão que as placas de vídeo mais modernas não trazem. Neste caso é necessário adquirir um adaptador separado. As conexões mais comuns hoje em dia são DVI e HDMI. A grande vantagem da HDMI é que ela integra o sinal de áudio, dispensando o uso de um cabo separado para isto. Confira na sua TV ou monitor antes de fazer a compra!

evga_02g-p4-2687-kr_1

Placas de vídeo são um assunto muito rico e interessante, há muito o que pesquisar e aprender sobre elas além desta introdução básica, mas isto é assunto para outros posts. Lembre-se: na dúvida procure sempre um bom técnico ou vendedor de confiança. Bom upgrade!

Comentários

Comentários