<<< Round 4.

Segundo o site Digitimes, o épico ainda continua, desta vez com a Gigabyte pedindo desculpas à Asus.

Não, não… a desculpa não é pelo ataque ao EPU, coisa que a Asus ainda está devendo explicar ao público, e sim sobre uma suposta placa de vídeo com capacitores estourados que estava na plataforma a qual a Gigabyte havia dito que seria da Asus (e que no final, somente a placa mãe era da Asus) no início da deflagração desta guerra.

Com certeza foi um erro grosseiro da Gigabyte pois de certo modo arranha a sua imagem (um pouquinho que seja) frente ao belo espetáculo que a fabricante estava demonstrando do DES vs EPU.

Agora é esperar para ver se a troca de farpas termina aqui com a Gigabyte fazendo o pedido de desculpas publicamente em jornais e ambos os fabricantes voltando ao foco do que fazem melhor.

Comentários

Comentários