A interface USB 2.0 começará a “virar coisa do passado” em 2008, se tudo correr bem é claro. Não que a interface já esteja obsoleta, afinal, muitos equipamentos estão felizes com ela e agradecemos o que esta interface nos proporciona até hoje. Impressoras, teclados, mouses, placas de rede, bluetooth e pendrives… a lista é gigante. Infelizmente alguns periféricos ainda utilizam conexões como a Serial, Paralela e outras portas legadas. Algumas placas mãe top de linha já não trazem mais portas Serial e Paralela e oferecem cada vez mais portas USB.

Uma das vantagens do USB 3.0 será a banda oferecida. A previsão é que seja 10 vezes mais rápida que o USB atual. Hoje, o USB 2.0 pode chegar a até 480Mb/s, o que nos dá uma média de 60MB/s. O problema é que conseguir este valor “é impossível”. A grande maioria dos periféricos e componentes que ultrapassam este valor normalmente ficam limitados a uma média de 35MB/s de uma boa controladora USB. Isso mesmo… achar uma controladora USB que supere os 35MB/s, ou seja, atinja mais de 40MB/s não é brincadeira.

Para gavetas externas com um disco rígido, o USB é ótimo do ponto de visto da facilidade de conexão, mas é um gargalo grande. Se for uma gaveta para dois ou quatro discos rígidos, o gargalo fica alarmante, assim como fazer cascata de periféricos, todos pendurados em uma única porta USB. Pendrives de altíssimo desempenho já estão sendo barrados pela banda oferecida pela interface USB 2.0 também.

Uma importante prioridade do USB 3.0 é ser retrocompatível com o USB 2.0, o que auxiliará e muito a transição dos padrões e manter o ótimo Plug and Play.

O Grupo que abrange o USB 3.0 está procurando por mais contribuintes para auxiliar e finalizar os esboços e ter o padrão pronto até o meio do ano de 2008. Atualmente grandes nomes fazem parte deste grupo, como a HP, Intel, Microsoft, NEC, NXP Semiconductors e a Texas Instruments Incorporated.

Com certeza, uma lista de “patrocinadores” mais extensa é fundamental para acelerar a finalização da especificação USB 3.0 e sua implementação, assim como deixar esta interface a ponto de bala para 2008-2009.

Gizmo concorda: Já passou do tempo do USB 2.0 receber um upgrade decente.

Comentários

Comentários